Balancetes 2º quadrimestre do Ceasa/MS são aprovadas por unanimidade nos Conselho Fiscal e Administrativo

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, outubro 5, 2021 as 09:44 | Voltar

 

O balancete do 2º quadrimestre de 2021 da Ceasa-MS foi aprovado por unanimidade tanto na reunião do Conselho Fiscal da instituição, realizada no último dia 27 de setembro, quanto no Conselho Administrativo, que ocorreu no dia 30 do mesmo mês.

De acordo com o Conselho Fiscal, as contas da Ceasa-MS atendem as exigências contábeis e legais, portanto está em condições de serem submetidas ao Conselho de Administração.

Já o Conselho de Administração, por sua vez, também aprovou e homologou o parecer do Conselho Fiscal por unanimidade.

Além da análise e aprovação do balancete, o Conselho administrativo debateu outros temas importantes da administração da Ceasa-MS.  O diretor de Mercado, Fernando Begena, falou sobre a quitação do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) anteriores a à atual gestão de R$ 1.696.866 (um milhão seiscentos e noventa e seis mil oitocentos e sessenta e seis reais) via REFIS.

Outro ponto relevante debatido no âmbito do Conselho Administrativo foi a aprovação do convênio com a CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento), que deverá representar um avanço na integração com outras centrais de abastecimento país afora.

Também foi informado pela direção que agora a Ceasa-MS faz parte do grupo de empresas jurisdicionada ao TCE (Tribunal de Contas do Estado), então deverá prestar contas ao órgão de fiscalização.

Outro ponto aprovado pelo Conselho Administrativo foi a doação dos móveis trocados pela Ceasa há algumas semanas por novos.

Plano de Ação de infraestrutura para 2022

Também durante a reunião do Conselho Administrativo, diretor de Mercado, Fernando Begena, apresentou o Plano de Ação de infraestrutura para 2022, que vai consistir em 13 obras realizadas durante o ano. Dentre as principais estão a adequação da área de estacionamento dos usuários e da área de administração e a elaboração do projeto de ampliação do central de tratamento de resíduos sólidos com a utilização de energia solar fotovoltaica.

 

Publicado por: Fernando Begena e Hagar Nascimento

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.