Ceasa/MS recebe proposta da Conab para cooperação técnica que irá modernizar e integrar banco de dados aos de outros estados

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, agosto 30, 2021 as 12:10 | Voltar

O Ceasa de Mato Grosso do Sul recebeu e agora analisa uma proposta de cooperação técnica com a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), que é a entidade federal responsável pela geração de informações agropecuárias, acompanhamento e avaliação de safra, pesquisa de preços, levantamento de custos de produção e estudos técnicos, além de informações sobre comercialização de produtos hortigranjeiros no país todo.

O acordo consiste em implementar no Ceasa/MS o Prohort (Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro). Esse programa foi criado para contribuir com o desenvolvimento e modernização do setor hortigranjeiro nacional, proporcionando maior interação entre os diversos agentes governamentais envolvidos e os integrantes da cadeia de produção e distribuição.

O Programa tem, entre suas principais ferramentas, os sistemas de informações, que trazem dados da comercialização de produtos hortigranjeiros nas principais Centrais de Abastecimento (Ceasa) do país.

Atualmente o Ceasa/MS possui seus próprios sistemas de cotação diária de preços, assim como os demais levantamentos de volume, origem, variedades, preços médios mensais e anuais, além da série histórica de preços de mais de 100 produtos específicos realizados desde 2010, os quais são repassados diariamente nas plataformas digitais e esporadicamente quando solicitados pela iniciativa privada e/ou pública.

A plataforma do Prohort vai um pouco além e ajudaria na integração com com outras Centrais de Abastecimento, com acompanhamento de preços, análises de mercado, consulta de séries históricas, identificação das regiões produtoras, entre outros estudos técnicos.

Se concretizado, acordo entre Ceasa/MS e Conab teria um prazo de 60 meses onde seria coletadas informações sobre 48 produtos pré-estipulados pelo órgão federal, em conformidade com os demais mercados atacadistas, formando um só banco de dados.

Porém, para fazer isso, a Conab precisará treinar os responsáveis no Ceasa/MS pela coleta e tratamento de dados, assim como fornecer aparelhos tecnológicos que suportem o armazenamento desses dados como tablets e computadores.

"Apesar de já termos um ótimo sistema, essa cooperação aperfeiçoaria a operacionalização e gestão do conjunto de outros mercados atacadistas com o nosso, compartilhado experiências, conhecimentos e tecnologias, bem como empreendendo esforços no sentido de fortalecer e consolidar o sistema de informações para integrar em um só banco de dados as informações de comercialização de todos os mercados atacadistas de hortigranjeiros do país", explica o Diretor de Abastecimento e Mercado do Ceasa/MS, Fernando Begena.

O acordo entre as duas instituições só será realizado pela Diretoria Executiva após a apreciação do Conselho Administrativo do Ceasa/MS.

Publicado por: Fernando Begena e Hagar Nascimento

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.